5 Dicas para ganhar mais espaço em sua casa

É uma realidade que, cada vez ficarão mais comuns os pequenos apartamentos, no lugar das grandes casas. Os motivos são vários: desde o aumento no preço do metro quadrado, novos conceitos em arquitetura e engenharia e a popularização dos prédios com áreas comuns muito bem equipadas para o lazer.

As áreas privativas só tendem a diminuir. E o que fazer para ganhar espaço? Claro que, na mesma vibração da diminuição dos espaços, o surgimento de móveis inteligentes e novos conceitos na decoração dão aquela ajuda e, no fim, o “apertamento” já nem parece tão pequeno mais.

O grande segredo para ganhar mais espaço é ser criativo no aproveitamento de áreas não usadas normalmente, além de ter planejamento sobre o que guardar e onde.

E, sem se esquecer de um fator fundamental: a organização. É necessário ser organizado para obter mais espaço, afinal, um lugar abarrotado de coisas dá a impressão de ser menor do que realmente é.

Seguem então, as dicas:

Organização: como já falamos, este é um passo importantíssimo para otimizar espaço. Comece separando os itens por usabilidade. Tem aqueles que você usa muito, aqueles que você usa pouco, aqueles que você não usa, mas possuem valor sentimental e aqueles que você não usa e não tem motivo para guardar.

É aquela roupa que você não usa há um ano. O sapato que saiu de moda e você ficou com dó de se desfazer. Aquela caixa de papel que você não teve coragem de abrir e separar o que é importante.

Então, o primeiro passo da organização é o descarte.

Depois, a disponibilização de itens. Aqueles que você usa muito pouco (ou não usa), podem ser separados para serem guardados em armários aéreos (ou seja, que ficam no alto).

Espaços inutilizados: aproveite os espaços inutilizados para guardar coisas. Embaixo da cama, por exemplo, é um ótimo lugar para guardar cobertas, roupas de camas ou toalhas. O ideal é que a cama já tenha gavetas. Caso não tenha, use caixas de material resistente (nada de caixa de papelão) sob medida.

Se o seu móvel não é adequado para isto (uma cama box, por exemplo), um baú com as mesmas medidas da cama, colocado aos pés, é ótima pedida para o mesmo fim.

Outro espaço inutilizado com frequência são os espaços acima de janelas. Nestas posições, armários aéreos são muito bem-vindos.Espaços inutilizados

Ganchos e prateleiras: o uso de ganchos pode ser uma mão na roda para espaços pequenos. Neles podem ser pendurados desde cestos charmosos para guardar mini objetos até bicicletas e outros “entulhos” grandes.

No banheiro, também são muito usuais para pendurar toalhas e robes, até mesmo chinelos e cestinhos para ocupar com produtos de beleza.

As prateleiras de parede também seguem o mesmo conceito: aproveitar as paredes. Use-as para livros, brinquedos de criança, materiais de uso pessoal e utensílios de cozinha.Ganchos e prateleiras

Móveis próprios e de uso duplo: móveis inteligentes são os verdadeiros amigos dos pequenos espaços. Pufes que viram mesas, sofá-cama para hóspedes, mesas que sobrepõem-se umas às outras para serem abertas apenas na hora do uso, enfim, tudo isso contribui para um ganho de espaço extra.

Móveis com gaveteiros ou armários embutidos também são muito bem-vindos. Por exemplo: ao invés de uma mesa “vazada” opte por uma que tenha gavetas.

Prefira peças grandes, ao invés de muitos móveis pequenos. Por isso, os móveis planejados são as melhores opções para locais pequenos.

Grande quantidade de elementos dá um aspecto desarrumado (e lembra que desarrumado parece menor?). Móveis com bases abertas são perfeitos para ambientes menores. Modere nos estofamentos e nas almofadas.Espelhos

Espelhos: truque antigo, mas sempre muito usual. O uso de espelhos dá a sensação de aumentar o cômodo. Além disso, traz beleza e classe ao local. E o espelho é um objeto de decoração super democrático: há estilos vintage, campestres, românticos, futuristas, coloridos e sofisticados.

Paredes inteiriças de espelho também ficam ótimas e funcionam como verdadeiras lentes de aumento no local.

Assim como os espelhos, as cores claras e a iluminação natural também amplia o local. Cômodos monocromáticos também parecem maiores. E lembre-se de que listras verticais aumentam a parede na vertical, ao passo que listras horizontais o fazem no mesmo sentido, dando a impressão de achatar no sentido inverso.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *