Cortinas ou persianas: como escolher?

Há quem adore persianas. Há quem não viva sem cortinas. Mas fora os gostos pessoais, qual a melhor maneira de decidir qual dos dois modelos usar na hora de adornar as janelas? Separamos um guia cheio de dicas para sanar todas as suas dúvidas!

cortinas-com-pregas-1

  1. Cortinas são tradicionais

Muita gente não abre mão do clássico. Essas pessoas dificilmente escolherão outra peça que não seja a Cortina. O clássico tem seu espaço e sempre terá. As Cortinas são aconchegantes, trazem lembranças de infância e protegem as janelas do jeito mais tradicional possível sem perder o estilo.

Ao tradicionalismo, novas facilidades foram acrescentadas. Tecidos solares impedem a incidência de raios nocivos aos móveis e ao piso. Graças a eles aquele velho problema do piso manchado pelo sol passa a não mais existir. As pessoas também podem circular e ficar no ambiente com mais segurança, já que a incidência dos raios solares é controlada.

Já os modelos motorizados garantem que seja possível abrir ou fechar a cortina sem a necessidade de levantar-se do sofá. É o equilíbrio entre o tradicionalismo da cortina e o avanço tecnológico usado em prol do conforto.

O estilo romano ganhou espaço graças a seu acabamento diferenciado, que abre e fecha de maneira diferenciada. Além disso, temos a questão estética, com design, cores e estampas cada vez mais versáteis.

Sem título

  1. Persianas são práticas

Com o dia a dia cada vez mais agitado, muitas pessoas não imaginam a rotina de lavar e cuidar das cortinas. São pessoas práticas e modernas, que acabam preferindo as persianas.

Mas engana-se quem pensa que a praticidade da persiana anda longe do estilo. Elas ganharam novas cores, novos estilos e estão prontas para aliar beleza ao seu mecanismo simples e eficiente.

Os modelos verticais, muito usados há alguns anos, continuam disponíveis para aqueles que gostam do estilo tradicional. Já os modelos verticais ganharam acabamentos antes inimagináveis, como textura de madeira, ideal para modernizar a cara da persiana. O alumínio também surgiu como acabamento, garantindo que as persianas tenham modelos modernos que muitas pessoas procuram para combinar os móveis e eletrodomésticos atuais.

cortina1

  1. O ambiente é quem manda

Algumas pessoas gostam de cortinas e também de persianas. São pessoas práticas que procuram a solução para cada ambiente de acordo com suas necessidades. Nestes casos, cada ambiente deve ser avaliado individualmente.

– Escritórios geralmente são impessoais e sérios. Precisam criar uma atmosfera tradicional, que não seja aconchegante demais. Nestes casos, a persiana acaba sendo a solução mais assertiva. Com seu mecanismo eficaz e simples, ela consegue bloquear a luz e a visão da janela de maneira prática, agregando funcionalidade.

– Banheiros podem ser adornados com ambas as opções. As persianas possuem desempenho melhor na umidade, já que os tecidos são mais danificados por ela.

– Os quartos devem ser aconchegantes. E por pensar assim, a maioria das pessoas acaba optando por cortinas. Mas nada impede que persianas sejam instaladas, principalmente se a janela for localizada sobre móveis como a escrivaninha. Cada caso deve ser avaliado individualmente.

– As salas também podem ser adornadas com os dois acabamentos. O que vai definir a melhor opção é a posição da janela e o estilo da decoração.

Com tantos modelos disponíveis atualmente, não é certo generalizar. Cortinas e persianas podem ser a escolha certa, dependendo do resto da decoração do ambiente e do estilo dos moradores.  O ideal é procurar a solução certa para cada caso.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *