5 passos para uma decoração clean

Menos é mais. Esta expressão é amplamente usada por especialistas em moda, decoração, entre outros segmentos. O que esta frase quer dizer é que optar por combinações básicas não tem erro e pode ser mais elegante do que “enfeitar” demais o projeto. Sendo assim, uma decoração clean é uma escolha inteligente e versátil.

Um ambiente clean tem algumas características próprias como cores claras, poucas e discretas estampas, iluminação gentil e harmonia nas combinações. Como já diz a própria palavra “clean” que, em inglês, quer dizer “limpo”, a decoração deve passar uma sensação de limpeza, frescor e descanso (aos olhos).

Veja nossas dicas para ter uma decoração clean:

  1. Clareie:

Cores claras são a premissa de um visual mais clean, afinal, lembram paz, limpeza e frescor. Mas, não é necessário deixar tudo branco. Composições com cores pastel e tons de bege caem muito bem na decoração.

As cores que estão em alta para as paredes são palha e cinza claríssimo. Gelo, areia e pérola são cores que nunca saem de moda, além do tradicional branco. Quando falamos em decoração clean, esqueça os contrastes. Você pode até ter alguns pontos de cores mais fortes, mas lembre-se de que o efeito de combinar muitas cores diferentes pode até ficar bonito e moderno, mas não é clean.

Uma ideia é usar paredes de uma cor apenas (como palha) e um piso de madeira clara (quase no tom da parede). Móveis de madeira também clara (pode ser um pouco mais escura que o piso) com tapeçaria em cor pastel complementam. Nesta composição, alguns objetos de cores mais fortes podem dar um ar moderno, como um vaso amarelo ou algumas almofadas terracota.

Além de descansar a vista e dar uma ideia de ambiente convidativo, a decoração clean e mais monocromática (sem uso de muitos contrastes) dá a sensação de ampliação do ambiente. Por isso, funciona muito bem em locais menores.

  1. 2. Ilumine:

decoração clean4

Iluminação indireta é a cara da decoração clean. Deixar que a luz (seja natural ou artificial) incida de leve sobre o ambiente, vai deixa-lo com um ar mais intimista e dar aquela sensação de frescor que falamos no começo do artigo.

Para que a iluminação natural preencha o local, aposte em cortinas translúcidas em cores pastéis. Além disso, o modelo da cortina não deve brigar com a composição. Escolha modelos clássicos e charmosos. Uma opção são as cortinas romanas.

cortina-romana-tela-solar-2

  1. Móveis práticos e planejados:

Na proposta clean, os móveis devem ser práticos e de modelagem simples, sem muitos detalhes. Mobília planejada resolve o problema de espaço em ambientes pequenos sem “encher” muito o cômodo.

Um projeto que traga praticidade vai deixar o dia-a-dia mais simples para os moradores e evitará a desorganização do local e o acúmulo de supérfluos em locais visíveis, mantendo sempre o aspecto clean. Por isso, tudo o que puder ser embutido ajudará neste sentido.

  1. Tecidos e tapeçaria em harmonia:

Os tecidos que vão compor o ambiente devem seguir a mesma linha da decoração. Portanto, no caso das salas, o sofá, tapete, toalhas e cortinas devem estar em harmonia e entrar no jogo de cores. Nos quartos, edredons, colchas e almofadas também. Da mesma forma, no banheiro, toalhas e tapetes não podem destoar.

Estampas leves podem ser usadas para quebrar um pouco a rotina se o restante das cores for liso. Até mesmo jogo de estampas é tolerado, mas não aquela combinação de estampas, cores e formatos super diferentes (e que são muito legais, porém saem da proposta clean). Para fazer este mix, aposte em estampas claras que usem tons pastéis. Floridos delicados ou figuras desbotadas também são bem-vindos.

decoração clean3

  1. Pontos focais de cor e formas para quebrar a monotonia:

Mesmo na decoração clean, um objeto “estranho no ninho” pode trazer uma dose de charme e autenticidade. Por isso, por exemplo, no meio de uma sala bege, com madeiras suaves e um sofá pérola acetinado, algumas almofadas amarelo-ouro vibrante e outras com poá dourado em fundo bege ficarão perfeitas.

A ideia aqui é liberar alguns pontos da decoração para ousar nas cores e formas, dando mais vibração à decoração, sem perder o aspecto limpo, simples e fresco. Outras ideias: quadros, uma escultura (uma só), um cantinho com bibelôs (que não “encham” o cômodo), um tapete chamativo ou um eletrodoméstico colorido.

 

Viu como a decoração do “menos é mais” é muito fácil de fazer? Basta aliar a praticidade com bom gosto. Pronto! Seu ambiente clean ficará lindo.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *